Parques urbanos: Nova York

Accesible PDF image
Autor
Schoen, Daví Parente
Data
May 2020
EDITOR
Libertun de Duren, Nora Ruth
O sucesso da cidade de Nova York nos últimos anos na provisão de parques sustentáveis de alta qualidade, ecologicamente produtivos e promotores da equidade oferece uma série de lições importantes que podem ser replicadas nas cidades da América Latina e do Caribe (ALC). Esta publicação é uma revisão de quatro estratégias inovadoras que surgiram na cidade de Nova York para ampliar e manter a oferta de parques na cidade. As cidades da ALC enfrentam crescentes desafios na provisão de espaços verdes públicos. Atualmente, a maioria das cidades da ALC no oferece o mínimo recomendado de 9 m2 de espaços verdes por morador de acordo com a Organização Mundial de Saúde. Os moradores das cidades dessa região também enfrentam barreiras no acesso aos parques, que são precários ou de baixa qualidade. A desigualdade e a segregação económica, social e espacial em muitas cidades da ALC também se refletem na distribuição desigual de parques e outros espaços verdes. Para as cidades dessa região, o desafio é superar a quantidade, qualidade e distribuição espacial desses equipamentos. A dinámica política, os arranjos institucionais, os mecanismos financeiros, as estratégias de design e os programas de manutenção que se mostraram críticos nas inovações recentes de Nova York, podem servir como guia para resolver os problemas que muitas cidades da ALC enfrentam.