Fintech: América Latina 2018: Crescimento e consolidação

Data
Oct 2018
Este relatório apresenta a segunda edição do estudo “Fintech: inovações que você não sabia que eram da América Latina e do Caribe” que forneceu, pela primeira vez, uma visão consolidada sobre a atividade e o desenvolvimento do setor fintech na região. Ele descreve a evolução e o progresso com relação à medição e análise realizadas em 2017, além de analisar as novas dimensões relevantes para o ecossistema. O primeiro capítulo apresenta uma visão geral do setor na região, destacando a evolução dos diferentes segmentos de negócios e a distribuição geográfica das startups, bem como a situação de desenvolvimento e maturidade do ecossistema. É importante notar que este capítulo inclui novas dimensões, como a situação na América Central, Panamá e República Dominicana, além da abordagem de tópicos como segurança cibernética e mortalidade das empresas. No segundo capítulo, as questões de gênero e fintech são abordadas em três dimensões: mulheres como fundadoras de startups de fintech, mulheres como trabalhadoras do setor de fintech e, finalmente, mulheres como usuárias de serviços de fintech. O terceiro capítulo aborda a colaboração dos diversos atores, como estão organizados e seus principais programas e iniciativas, com ênfase especial nas associações de fintech nos vários países da região. O quarto capítulo discute o potencial do setor de fintech para melhorar a inclusão financeira e o financiamento do setor produtivo na América Latina. O quinto capítulo analisa a evolução da regulamentação e da supervisão, além de apresentar exemplos e avanços nessas áreas. Finalmente, no sexto capítulo são apresentadas algumas conclusões sobre como o crescimento e a consolidação progressiva do ecossistema na região foram evidenciados.