Com calor e água até ao pescoço: nove caminhos para um desenvolvimento resiliente às mudanças climáticas

Accesible PDF image
Data
Dec 2023
Enquanto escrevemos estas linhas, 2023 está a caminho de se tornar o ano mais quente já registrado, atingindo 1,4C acima das médias pré-industriais pela primeira vez. Um forte El Niño este ano se somou ao impacto do aquecimento global de início lento para nos dar uma prévia de como será o futuro. Incêndios florestais queimaram 363.000 hectares no Chile, causando quase US$ 3 bilhões em perdas e danos em apenas 72 horas. Fortes chuvas destruíram 50.000 casas no Peru, enquanto uma onda de calor exacerba a epidemia de dengue, infectando 150.000 pessoas e matando 400. Deslizamentos de terra provocados por chuvas torrenciais no Haiti prejudicaram uma em cada cinco comunidades, matando 48 pessoas e resultando na perda de 3.000 cabeças de gado e 30.000 hectares de terras agrícolas, além de aumentar os casos de cólera.

Não há dúvida de que a adaptação é uma prioridade, e este livro mostra como isso pode ser feito. O livro começa com uma observação: embora existam soluções técnicas disponíveis, o conhecimento está disperso em relatórios técnicos que se concentram, cada um, em uma questão diferente, como a adaptação do setor de energia às tempestades de inverno ou a atualização das práticas agrícolas em face de temperaturas mais altas e secas. As publicações que apresentam uma visão geral sobre adaptação tendem a oferecer uma estrutura conceitual ou exemplos de iniciativas dispersas. Nosso objetivo aqui é explicar de forma sistemática, mas simples, por que a mudança climática é um problema, quais soluções podem ser implementadas e o que os governos podem fazer para ajudar. Tentamos escrever de uma forma acessível que agradasse a um amplo público de formuladores de políticas, analistas e cidadãos preocupados com as mudanças climáticas.

O livro está organizado em nove capítulos. Seis deles se concentram em um sistema específico: alimentos e biodiversidade (que estão ligados porque frequentemente competem pela terra), água, energia, transporte, cidades e saúde. Cada capítulo explica como a mudança climática é uma ameaça, lista soluções de adaptação e sugere intervenções governamentais que podem permitir a transição para uma economia resiliente ao clima. Três outros capítulos apresentam questões a serem consideradas em todos os setores: gestão de riscos de desastres e técnicas de apoio à tomada de decisões em condições de incerteza, implicações sociais das mudanças climáticas e aspectos fiscais e financeiros da política de adaptação. Priorizamos exemplos da América Latina e do Caribe, mas esperamos que o livro, e cada capítulo individualmente, seja de interesse para um público global.