Estudos sobre Mercado de Carbono no Brasil: Análise do Potencial Dimensionamento do Mercado-Estudo de Caso sobre o Estado de São Paulo
AUTOR
Avzaradel Szklo, Ana Carolina;
Betz, Stephanie;
Burgi, Adriano;
Guimarães, Julia;
Mello, Augusto;
Messer, Patricia;
Pinheiro, Flavio;
Roxo, Leticia
Date
Jul 2015
EDITOR
Netto, Maria;Ludeña, Carlos E.
O estudo dimensiona a potencial oferta e demanda de ativos de carbono num mercado dentro do Estado de São Paulo, Brasil. O dimensionamento de mercado estimou-se em três simulações em base a (i) as metas de redução de emissões estabelecidas nos planos setoriais de indústria e transporte; (ii) uma meta de redução de emissões de até 50%; e (iii) uma meta definida segundo o potencial de redução por meio de ações com custo marginal de abatimento negativo. Para os setores de transporte e resíduos bem como para os subsetores da indústria paulista calculou-se os pontos de break-even de cada ação de mitigação, os quais serviram para a construção das curvas de oferta e demanda. O analises revelou que o dimensionamento do mercado e o hipotético preço dos ativos de carbono varia significativamente com a meta estabelecida. O rango de preço calculado segundo as simulações varia entre 5 e 19 BRL/tonelada de CO2 e o volume de toneladas negociados se encontra entre 32 e 128 milhões de tCO2e.Este documento foi preparado como parte de um esforço do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&FBOVESPA) para o desenvolvimento do mercado de carbono no Brasil. O estudo foi coordenado por Maria Netto, especialista líder sobre Instituições financeiras; Carlos Ludena, especialista em mudanças do clima (BID); e Guilherme Magalhães Fagundes, gerente de Produtos Ambientais, Energia e Metais (BM&FBOVESPA).